• Palavra da Presidente na Abertura da Solenidade de Posse, em 12.11.2011

    Postagem publicada em 29 de novembro de 2011 por em Eventos, Isvânia Marques, Textos Literários

    SESSÃO SOLENE DE POSSE (DATA: 12/11/2011)

    Era outubro de 2008 quando, na Associação Atlética do Banco do Brasil, realizamos a última posse acadêmica, oriunda da ampliação do quadro de sócios acadêmicos, assim instituída por nossa presidência, em comum acordo com os pares desta agremiação litereária e cultural, cujo intuito era o de agregar novos nomes e parceiros voltados para o desenvolvimento das letras, das ciências e das artes em nossa cidade de Palmeira dos Índios.

    Desde esse ano, muitas foram as nossas conquistas, pois durante esse período realizamos o concurso prosa e verso jornalista Bezerra e Silva, além de várias palestras sobre temáticas diversas (nova ortografia, a difusão da poesia, a importância da leitura); recebemos a visita do cineasta Nelson Pereira dos Santos (Vidas Secas), presenteada pela escola de magistratura do estado de alagoas (leia-se desª. Elisabeth Carvalho), do teatro itinerante francês, em parceria com o consulado da França e Casa da Arte, em Garça Torta (Edna Constant). E, ainda, em agosto último, trouxemos o ballet de Eliana Cavalcante, agraciando Palmeira dos Índios com a beleza antagônica do clássico e do contemporâneo, num contraponto entre o ballet e a dança de salão. E, por último, lançamos Palmeira dos Índios nas salas da II Flimar (Feira Literária de Marechal Deodoro) e na V Bienal Internacional do Livro, em Alagoas, quando proferimos palestra cujo tema permeava sob título de “Palmeira Literária”.

    E, não tenham dúvidas, minhas senhoras, meus senhores, meus confrades e confreiras, digníssimos representantes do poder público, em sua mais variada esfera, que esta Academia representa todos os anseios deste povo que não morreu na história, e que acredita, conforme nos anuncia o evangelho, nos “homens e mulheres (acrescento) de boa-vontade” que ainda possam tornar Palmeira dos Índios próspera e respeitada em todo o cenário nacional.

    Serão apresentados, nesta sessão solene, nomes de pessoas ilustres, filhas de Palmeira dos Índios, que vislumbram suas competências em outros torrões, divulgando o nome de nossa terra e se fazendo respeitar pela credibilidade de seus valores.

    É com essa crença, é com a fé em deus, que conduzimos nosso trabalho à frente desta instituição, acreditando que “o futuro pertence àqueles que acreditam em seus sonhos”, por isso, lançamos a semente a fim de que – amanhã – sejam colhidos os frutos calcados no que fora plantado no presente.

    Declaramos aberta, dessa maneira, esta sessão solene de posse dos novos membros da Academia Palmeirense de Letras.

     

    Isvânia Marques da Silva – Presidente Efetivo

    Veja fotos: